RESENHA: Ecos da Morte

A expectativa da leitura de um livro é sempre uma aventura. Sou do tipo que começo a roer unhas, fico tenso, procuro várias informações diariamente sobre o livro… Coisas desse tipo. Quando soube do lançamento de Ecos da Morte que é o primeiro livro da série The Body Finder fiquei curioso para saber da história.

E sim, plot  (Uma menina que ouve “ecos”, algo como sons e sensações de corpos mortos. Não mortos de qualquer maneira, mas que foram assassinados e tem marcas do ato. Bom, eu gostei muito disso… ) e a capa me encantaram, e então começou minha caça sobre o livro da escritora americana Kimberly Derting.

“Antes de serem enterrados, antes de serem adequadamente postos para descansar, aqueles animais deixados para trás chamavam por Violet. Podiam emitir uma energia – um eco sensorial – no rastro de seu assassinato, como um farol de luz que só ela podia encontrar, e que a informava sobre o local exato onde tinham sido abandonados. Podia ser qualquer coisa… um cheiro, uma explosão de cor, um gosto no fundo da boca, ou uma combinação de diversas sensações simultâneas.

(p. 15)

Bom, o livro conta a história de Violet, uma adolescente que consegue ouvir esses ecos que os corpos de pessoas ou animais assassinados deixam. E assim ela se sente estranha (não era pra menos né?). Sentir  essas marcas de morte já não é tão fácil acrescente ainda mudanças da adolescência e ainda descobrir-se apaixonada pelo melhor amigo: Jay.

Jay é o cara mais divertido, amoroso e sexy de todo colégio. Todas as meninas olham para ele. Até a garota mais popular do colégio – a Lissie – vive dando a maior bola para o garoto. Até ai tudo bem… Mas começa encher um pouco o saco… Por que a cada página o lamento de Violet por não conseguir lidar com o fato de estar apaixonado por ele (e o pior não perceber que o cara tá louco por ela) é irritante. O Nome Jay é citado tantas vezes no livro que não tem como o cara mais simpático do colégio não começar se tornar o personagem mais irritante do livro.

Violet encontra o corpo de uma garota desaparecida através de seus ecos… E ai, sim, acreditamos que começa a história. Mas na verdade é um tempo arrastado de longas procuras, de morte de mais algumas garotas. Resumindo, uma chatice sem precedentes… Até parece coisa do tipo: as mortes acontecem para que o amor de Violet e Jay se revele. CANSATIVO!

Mas… A leitura do livro foi extremamente chata, cansativa e lenta. Não senti ritmo, não conseguia desenvolver a leitura.  Levei um tempo para conseguir terminar o livro… Mas ao chegar à página 196 (sim, quase no final do livro que ele conseguiu me conquistar) me deparei com a chance da história melhorar. Uma nova história surge com uma densidade legal, um clima bem forte… Mas ficou somente na tentativa. O livro termina com um ar chato e previsível demais.

A Editora Intrínseca já lançou o segundo volume chamado DESEJOS DOS MORTOS.

Bom, não gosto de começar uma série e não ir até o fim… Poucas vezes não consegui ir em frente… Mas acho que The Body Finder pra mim acaba aqui. Mas quem sabe isso pode mudar… hehehehe!

Leiamos! (ou não…)
Livro: Ecos da Morte

Autor: Kimberly Derting

Título Original: The Body Finder

Tradução: Rita Sussekind
Número de páginas: 272
Editora: Intrínseca

Melhor Personagem:  Nenhum chamou minha atenção. Mas podemos considerar que Chelsea, a amiga de Violet, se tivesse uma participação mais elaborada teria se tornado uma personagem marcante.
Por que tomar um chá lendo essa história: Acho que apenas o chá vai ser interessante…

Avaliação:

Sobre o Resenhista:

Fabiano Fabiano Baloo é apaixonado por histórias. Ele é leonino, gosta de chocolates, pizza, coruja e a cor amarela . Adoraria ter se formado em Hogwarts.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s