RESENHA – Série JOGOS VORAZES

Sim… este post tem muitos spoilers. Então decida agora se quer lê-lo. Mas se eu fosse você leria… e leria mesmo!

O quanto sua vida pode mudar a partir de um jogo? Mas vamos complicar… Pensemos em um jogo totalmente sádico! Você precisa sobreviver a armadilhas e situações inusitadas e proteger sua vida e claro, precisar matar se for preciso. Essa é um pouco do que se pode refletir a partir do enredo enérgico, trágico e surpreendente da série de livros denominada THE HUNGER GAMES e conhecida por nos brasileiros como Jogos Vorazes da autora norte-americana Suzanne Collins lançados por aqui pela Editora Rocco – Jovens Leitores.

Depois da leitura dos 3 livros em sequência e assistir o filme baseado no primeiro volume da série não consegui fazer uma resenha para cada livro e assim veio a ideia de expor minha visão de todos os 3 volumes ( Jogos Vorazes, Em Chamas e A Esperança). 

O primeiro volume é bem intenso e descritivo. Mostra um mundo distópico e totalmente surreal.

“ Assim que  o relógio da cidade dá as badaladas indicando que são duas da tarde, o prefeito sobe ao pódio e começa a leitura. É a mesma coisa todos os anos. Ele conta a história de Panem, o país que se ergueu das cinzas de um lugar que no passado foi chamado de América do Norte. Ele lista os desastres, as secas, as tempestades, os incêndios, a elevação no nível dos mares que engoliu uma grande quantidade de terra, a guerra brutal pelo pouco que havia restado. O resultado foi Panem , uma resplandecente capital de treze distritos unidos que trouxe paz e prosperidade a seus cidadãos. Então, vieram os Dias Escuros, o levante dos distritos contra a capital. Doze foram derrotados, o décimo terceiro foi obliterado. O Tratado da Traição nos deu novas leis para garantir a paz e, como uma lembrança anual de que os Dias Escuros jamais deveriam se repetir, também nos deu os Jogos Vorazes. “

(página 24 – Jogos Vorazes)

Essa é o resumo e o motivo da existência dos Jogos Vorazes. E a partir daí que poderemos acompanhar a história de Katniss Everdeen, que se voluntaria para participar dos jogos. Pois quando a extravagante Effie Trinket anuncia que Primrose Everdeen, a irmã mais nova de Katniss,  como tributos nos jogos vorazes, ela que sempre protegeu a família desde a morte do pai não aceita que a irmã vá e, decide salvá-la tomando seu lugar. Uma explosão de sentimentos surge na nossa protagonista. A dor de deixar a mãe e a irmã. A inquietude quanto aos seus sentimentos de adolescentes quanto ao jovem Gale, um jovem que a acompanha nas caçadas pela floresta, e claro ter a companhia de Peeta Mellark, o outro tributo do distrito 12 no 74º Jogos Vorazes, que uma vez lhe salvou a vida ao oferecer um pão quando sua família passava fome.

“As regras dos Jogos Vorazes são simples. Como punição pelo levante, cada um dos doze distritos deve fornecer uma garota e um garoto – chamados tributos – para participarem. Os vinte e quatro tributos serão aprisionados em uma vasta arena a céu aberto que pode conter qualquer coisa: de um deserto em chamas a um descampado congelado. Por várias semanas os competidores deverão lutar até a morte. O último tributo restante será o vencedor.”
(página 24 e 25 – Jogos Vorazes)

E esse “lutar até a morte” é totalmente literal. Toda uma grande preparação é feita para que os dois sejam apresentados na Capital como os favoritos. Cada tributo ter mentores que os auxiliam na preparação que são os antigos vitoriosos de cada distrito. No caso da dupla do distrito 12 é o bêbado Haymitch Abernathy.

Na preparação dos tributos também somos apresentados a Cinna, que é o estilista responsável pela mudança no visual da Katniss. Na capital tudo é muito exagerado, a moda é extremista e molda padrões e dita regras. (Não muito diferente de hoje, não acham???!)

Um fato importante é o anúncio de Peeta em meio a uma entrevista antes da ida para a arena que diz que é apaixonado por Katniss

Então eles são levados a arena, em meio a muitas mortes a mais emocionante é a de Rue, um tributo muito jovem, quase uma criança, do distrito 8. Ali se vê a importante de um dos pássaros existentes em Panem. Chamado tordo, ele é uma ave que repete o canto e sons que humanos sibilarem para eles.  No fim sobram Peeta e Katniss, que juntos como Romeu e Julieta, desafiam a Capital em um ato romântico inicialmente, mas que se torna uma referência de rebeldia e ousadia. Os dois decidem usar umas amoras com veneno para se sacrificarem juntos para não que haja nem um vencedor. Então os idealizadores dos jogos em uma decisão inédita declaram que os dois são vencedores.
A volta para casa é até certo momento reconfortante apesar de tudo que passaram na arena. Mas começam os problemas quanto a nova vida depois dos Jogos. Peeta ama mesmo Katniss?  E os sentimentos dela quanto a Gale? E o que o Presidente de Panem, Snow, vai fazer com dois tributos vencedores.

Com essas mesmas dúvidas termina o volume um dá série e começa o volume dois chamado Em Chamas. Como nos Dias Escuros que antecederam os Jogos Vorazes, os distritos começam a planejar uma revolta contra a Capital para tomar o poder. Katniss e Peeta são símbolos dessa revolução, pois o ato do quase sacrifício no final dos Jogos Vorazes de onde saíram vencedores é o primeiro indício para que comece um levante entre os moradores de todos os distritos.

“ – Estou com um problema, senhorita Everdeen – diz o presidente Snow, um problema que começou no momento em que você pegou aquelas amoras envenenadas na arena.”
(página 27 – Em Chamas)

Pessoalmente o Presidente Snow visita Katniss e diz que ela terá que casar com Peeta. Uma obrigação. Ela se vê perdida quanto a essa questão. Ela começa a entender como Capital controla todos os distritos em uma ditadura feroz e amarga. Em meio ao anuncio do casamento dos vitoriosos, surge novas regras para os 75º Jogos Vorazes. Que será um Massacre Quaternário… com uma surpresa muito indigesta. Os tributos dessa vez serão os vitoriosos das edições anteriores dos jogos. Como só existem 3 vitorioso vivos, Haymitch , Peeta e Katniss… Katniss é a única mulher. Ela voltará a arena novamente para lutar por sua sobrevivência. Em um sorteio é escolhido Haymitch, mas logo Peeta se voluntaria para substituí-lo. Começa novamente a preparação para os Jogos.   Mas Katniss e Peeta têm uma certeza, o Presidente e a Capital os querem mortos para assim acalmar as revoltas nos distritos. Algo emocionante é a última conversa com Cinna e Katniss. É curta, singela, mas cheia de emoção. Mas a última visão que Katniss tem de Cinna é assustadora.

Com aliados verdadeiros e falsos a todo tempo sendo expostos para os dois tributos do distrito 12, o final do livro reserva uma epopeia instigante. Haymitch utilizando um aerodeslizador, tipo de uma nave da capital, resgata em uma ação eletrizante Katniss antes do fim dos jogos com outros tributos, mas sem Peeta que é capturado pela Capital. Assim que ela consegue se acalmar e falar com Gale , que está entre os seus resgatadores, ela recebe uma terrível notícia: O distrito 12 foi incendiado e totalmente destruído.

O final do segundo volume e o ponto de partida do terceiro e último volume da série chamado de A Esperança.

Só um detalhe: Acompanhei nas redes sociais alguns comentários sobre a tradução do nome desse volume e como não tinha lido ainda os outros volumes na época não entendi muito… Mas hoje tenho que concordar Mockingjay (título original) é o nome do pássaro tordo que permeia todos os livros e a história de Katniss. E tem uma extrema importância no livro 3, seria difícil de traduzir… mas que o nome A ESPERANÇA eu não gostei,  não gostei mesmo!

Nesse final de série, a revolta contra a Capital torna-se maior e toma toda a Panem. E os revoltosos decidem tornar Katniss é símbolo maior dessa luta denominando-a como O TORDO. O pássaro que poderá repetir o canto de liberdade que eles tanto desejam. Mas Katniss está confusa com a destruição do seu distrito, com a captura de Peeta pela Capital, pela possibilidade de estar sempre ao lado de Gale… e das lembranças da participação em dois Jogos Vorazes e ter se tornado uma assassina.

Em meio a essa revolta, alguns lampejos de esperança. Sua mãe e sua irmã foram resgatadas antes da destruição do seu distrito.

Apesar de ter dado spoilers dos outros livros, não irei falar muito desse terceiro volume.

Só quero deixar registrado que é o mais violento, mas conturbado e mais consistente momento da série. Um final não tão agradável, mas com uma conformidade com toda a história.

Sim, A Esperança tem muitas mortes. E quando digo muitas estou sendo até agradável demais. Mortes inesperadas e até desnecessárias. Mas no geral de toda a série a história me prendeu. Tive momento de querer chorar, de vibrar, de me alegrar e até rir.  Jogos Vorazes é uma série muito bem escrita e desenvolvida… mas não acho que agrada a todo o público. Tem que ter estômago, paciência e muita lucidez para entender tudo que a autora propõe.

Cheguei ao final da série com os olhos vidrados, coração partido e uma certeza: Valeu a pena.

LEIAMOS!

Livros: Jogos Vorazes, Em Chamas e A Esperança

Autora: Suzanne Collins

Título Original: The Hunger Games, Catching Fire e Mockingjay

Tradução: Alexandre D’Elia

Número de páginas: 397, 413 e 421

Editora: Rocco Jovens Leitores

Melhor Personagem: Sem dúvida nenhuma Haymitch Abernathy  consegui conquistar meu coração desde a sua aparição na escolha dos tributos no primeiro livro. Ele tem uma ousadia e um charme incrível. Além de suas palavras ácidas, mas verdadeiras em todo o tempo.

Por que tomar um chá lendo essa história: A realidade do mundo de hoje  e o comportamento da sociedade atual nos leva a pensar como vemos certos shows de horrores na TV, não apenas em um reality show, mas nos noticiários. Não estamos vivendo em algo jogo? Não nos tornamos como verdadeiros elementos e tributos na mão da mídia, governo e até mesmo de nosso trabalho? Pensemos nisso.

Avaliação da Série:

Sobre o Resenhista:

Fabiano Fabiano Baloo é apaixonado por histórias. Ele é leonino, gosta de chocolates, pizza, coruja e a cor amarela . Adoraria ter se formado em Hogwarts.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s