And the Oscar goes to…

Amanha é dia de Academy Awards, o famoso Oscar, prêmio entregue anualmente pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas aos melhores do cinema mundial, os que mais se destacaram diante das telas: atores e atrizes, principais e coadjuvantes; e por detrás delas: diretores, editores de som, fotografia, maquiagem e outros.

É fato que, de uma forma ou de outra, o Oscar atinge diversos tipos de comentários, seja das críticas detentoras dos palpites e apostas baseadas em técnica, até as revistas de moda que comentam os vestidos mais bonitos (e outros nem tanto assim) que desfilaram pelo mais aclamado dos tapetes vermelhos.

Desde 1929 até os dias atuais, a entrega do prêmio gera murmurinho entre congratulações, surpresas e decepções. Para 2012, o favoritismo está nas mãos de O Artista (The Artist), indicado a 10 estatuetas, dentre elas a mais cobiçada: Melhor Filme. O francês Jean Dujardin estrela a obra que apostou no saudosismo do preto e branco mudo, ou quase mudo, que já recebeu três Globos de Ouro e conta a história de um ator de cinema (inception?), participando de muitas aventuras ao lado de seu cão Terrier. Saudosismo, romance e cães, uma combinação perfeita e um desafio – levando-se em conta a alta tecnologia com que hoje trabalham os filmes – que caíram no gosto do público.

Alguns outros nomes prometem, no mínimo, sua presença ilustre: Scorsese, com A invenção de Hugo Cabret, a mão experiente para efeitos de Spielberg com Cavalo de Guerra, a volta dos belos roteiros de Woody Allen com Meia-Noite em Paris, o arsenal de talentos femininos de Histórias Cruzadas, o sorriso torto e o talento inquestionável de George Clooney com Os descendentes (cujo livro que serviu de inspiração sortearemos na página do blog no facebook amanhã mesmo!), o cinema único de Malick representado em A árvore da vida e a lembrança do triste 11 de setembro em Tão forte e tão perto.

Fora os roteiros, canções, documentários, curtas e animações que estarão ali, dentre os mais desejados envelopes! Daqui, desse fundo de quintal de pobre fã que admiti ser em meu primeiro texto, não pude ver todas as obras candidatas – que chegam sempre com muito atraso ao Brasil – mas escondo debaixo da asa meus queridinhos. Ficarei com papel e caneta na mão anotando os mais aclamados e, quem sabe, vendo alguns dos meus escolhidos vencerem.

Billy Cristal, no comando da festa do Oscar pela nona vez

Esse ano, o anfitrião da noite será Billy Crystal, um dos mais populares apresentadores do Oscar. Nós brasileiros teremos um motivo, ainda que pequeno, para ficar de dedos cruzados: o filme Rio, do diretor brasileiro Carlos Saldanha, concorre à estatueta de Melhor canção original com Real in Rio.

A cerimônia será transmitida pela TV Globo e pelo canal TNT de TV fechada, às 22 horas.

E aí, quais os nomes vocês querem ouvir após o célebre “And the Oscar goes to…”?

Sobre o Autor:

Letícia Letícia é uma não-escritora e leitora de fundo de quintal. Permitiu-se voar até no nome: Letícia Liberty Libertad. Liberlety.
Anúncios

2 pensamentos sobre “And the Oscar goes to…

  1. Nhaaaaaaaaam, minha lista está toda sendo revisada a cada momento! KKKKKkk, mas meu preferidos não mudo por nada! Adoro essa coisa de premiação… Mas espero que vença o melhor (ou seja os que eu escolhi! KKKKKKKKKKKK).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s